sábado, 26 de setembro de 2009

Compromisso com Missões


Imagens de vários momentos do trabalho missionário em Lauro de Freitas. O Pr. Wolmar tem um compromisso missionário por convicção e compromisso com reino de Deus, e não por propagando pessoal

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Homem de Deus com História comprovada


Imagens de vários momentos da vida ministerial do Pr. Wolmar. Você pode observar imengens do inicio, em Xique-Xique, Ramanço, Alcobaça, no Seminário, no início dos anos 70, enfim. Um homem de Deus com experiência comprovada.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Nosso Credo

1) Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
2) Na inspiração verbal da Bílbia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida eo caráter cristão (2 Tm 3.14-17).
3) Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
4) Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
5) Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo 3.3-8).
6) No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
7) No batismo bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
8) Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e 1Pd 1.15).
9) No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7).
10) Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade (1 Co 12.1-12).
11) Na Segunda Vinda premilenial de Cristo, em duas fases distintas. Primeira - invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja fiel da terra, antes da Grande Tribulação; segunda - visível e corporal, com sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos (1Ts 4.16. 17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5 e Jd 14).
12) Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (2Co 5.10).
13) No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis (Ap 20.11-15).
14) E na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46).

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Missões e muito trabalho

video

Em vídeo anterior, de dezembro de 2008, o Pr. Wolmar fala sobre a construção. Neste vídeo você pode ver o andamento da construção. Mas, especialmente, a dinâmica da obra missionária em Lauro de Freitas.

14 anos de emancipação eclesiática

Imagens da comemoração dos 14 anos de emancipação eclesiástica da Assembleia de Deus em Lauro de Freitas.

Entrevista à CPAD

Amigos e companheiros de lutas e vitórias.

Gostaria muito que o companheiro gastasse uns minutinhos, e que lesse esta carta. Isto é importante! Ler com reflexão!

Inicio esta carta com uma fala de Antoine de SainTt-Exupéry . A fala é a seguinte: “Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida, e a prova de que duas almas não se encontram ao acaso.”
A minha família é o meu maior legado e o meu ministério a expressão existencial deste legado. Mas, a vida de um homem não é feita só pela família, é feita também por amigos e companheiros de jornada. Neste ponto, a fala de Saint-Exupéry me faz olhar um pouco para a minha história ministerial dentro das Assembléias de Deus no Brasil, mas, sobretudo, na Bahia.

Começamos por Xique-Xique, recém-casados em julho de 1978, onde muitas vezes tiramos das águas do São Francisco o nosso almoço e jantar e outros lugares tivemos que dá aulas, plantar horta e roças, criar frangos para nos alimentar a família, mas nunca desanimamos ou desistimos: Itarantim, Remanso (perdemos nossa filha mais velha com 1 ano e 8 meses por falta de recursos financeiros), Caravelas, P da Mata, pastor-auxiliar em V da Conquista, pastor-auxiliar em Salvador (dirigir Marechal Rondom, Amaralina e Liberdade), Itabuna, F de Santana, Tx de Freitas, Candeias, L de Freitas.

Por mais de 22 anos temos servido Mesa Diretora da CEADEB: 2º Tesoureiro, 1º Tesoureiro, 2º Secretário, 2º Vice-presidente (dois mandatos), 1º Vice-presidente (2 mandatos) e Presidente por duas gestões. Atuamos em alguns conselhos à nível estadual e a nível nacional: 1º Tesoureiro, 1º Secretário e 1º Vice-Presidente da UMADENE, Presidente do Conselho de Doutrina da UMADENE, Relator e depois Presidente do Conselho Consultivo do Nordeste; 1º Secretário ESTEADEB – Brasil, Relator do Conselho Fiscal, Secretário do CECRE da CGADB, Membro do Conselho Jurídico da CGADB, Membro do Conselho Administrativo da CPAD e Assessor da Presidência da CGADB.

Nessa trajetória passei na vida de muitas pessoas, muitas pessoas passaram na minha vida; em algumas, lamentavelmente não deixei nada, e outros, também, não deixaram nada em mim. Todavia, com um jubiloso brado de vitória, na grande maioria das vidas que passei deixei um pouco de mim, e trouxe muito de cada uma delas. Isto me manterá vivo, servidor e fiel até que Cristo venha buscar a sua noiva amada.

Aqueles que levam um pouco de mim, e que um pouco deles trago comigo, que continuaram comigo, e ainda estão comigo, me procuram com freqüência para falar do pleito eleitoral-convencional e que é chegado o momento de voltar a Mesa Diretora de nossa Convenção, então, estou aqui para submeter meu nome a apreciação dos companheiros, como candidato a 1º Vice-Presidente no desejo de poder fazer mais do que já fiz pela nossa CEADEB.

Por Cristo e por seu reino:
“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Cor.10:31).
Com um profundo Shalon Adonai,


Pr. Wolmar Alcântara dos Santos
Candidato a 1º Vice-Presidente